segunda-feira, 5 de julho de 2010

Onça Pintada - Primeiro Breve Encontro

Hoje partimos junto do nascer do sol para checar as armadilhas. Todos estavam confiantes.

Chegamos na primeira e nada...na segunda nada...na...quarta...quinta...sexta e sétima...nada de Onça. Não foi desta vez, mas a equipe de pesquisadores não se abalou. Todos ja estavam acostumados com isso. As vezes eles levam meses para capturar um único indivíduo.
A onça pintada é o maior mamífero carnívoro do Brasil, e necessita de pelo menos 2 kg de alimento por dia, o que determina a ocupação de um território de 25 a 80 km² por indivíduo a fim de possibilitar capturar uma grande variedade de presas. Isto torna difícil este trabalho de captura. Aqui temos uma semana e vamos ter que torcer para que um, ou mais, animais passem por estas armadilhas. No caminho de volta vim curtindo a paisagem que estava com aquela bela luz de final de tarde. De repente vejo uma cabeça, que mais parecia um tronco e se mimetizava muito bem com a mata. Achei que era mesmo parte da vegetação só que o objeto se mecheu. Gritei!!! Tem uma onça ali! Viramos o barco e chegamos mais perto...era mesmo um grande macho de Onça-Pintada. Ele estava tranquilo, descansando na beira do rio e pouco se importou com a nossa presenca. Ficamos ali uns 10 minutos observando o belíssimo animal até ele entrar na mata e desaparecer.
O Por do sol veio pra fechar o dia com chave de ouro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário